Série de concertos 2020

A programação da Camerata para o ano de 2020 consiste na realização de quatro concertos virtuais e duas palestras no formato de “live”, transmitidas ao vivo com a participação de músicos renomados em seus respectivos campos de atuação. Os concertos terão formação camerística diversa, contando com instrumentos como flautas doces, oboé barroco, fagote barroco, cravo, traverso barroco e vozes.

Os concertos e apresentações do conjunto buscam fortalecer o intercâmbio artístico na região de Uberlândia, formando parcerias estratégicas com artistas e anfitriões para amplificar o alcance das séries de concertos. Pretende-se que a série de concertos da Camerata se estabeleça como um evento regular no calendário cultural de Uberlândia e região.

O evento é possibilitado pela Prefeitura de Uberlândia pelo incentivo da Secretaria de Cultura de Uberlândia, através do Programa Municipal de Incentivo à Cultura.
 

Programação

  • Facebook
  • YouTube

CONCERTO 01 - Concerto de Abertura

04/11 - 20h

Paróquia São Francisco de Assis e Santa Clara

PROGRAMA

- Mancini, F. – Sonata para flauta doce e baixo contínuo em Ré menor

I. Amoroso II. Allegro III. Largo IV. Allegro

 

- Bach – Gottes Zeit ist die allerbeste Zeit BWV 106

 

- Bach, J. S. – Aria: 'Schafe können sicher weiden' BWV 208

 

- Boismortier, J. B. – Sonata para três flautas e baixo contínuo, Op. 34 N. 3

I. Andante II. Presto III. Adagio IV. Allegro

 

- Clérambault, Louis-Nicolas – Orphée

 

- Mattheson, J. – Sonata para três flautas, Op. 1 N. 3

I. Prelude. Adagio II. Allegro III. Chaconne

 

- Scarlatti, A. – ‘Clori mia, Clori bella’, H.129

 

- J'avois crû qu'en vous aimant

CONCERTO 02 - Concerto de Música de Câmara

25/11 - 20h

Paróquia Santa Mônica

PROGRAMA

- Handel – sonata para oboé e baixo contínuo, HWV 363a
I. Adagio    II. Allegro    III. Adagio    IV. Bourrée    V. Menuetto

- Telemann - Sonata para fagote e baixo contínuo, TWV 41:f1        II. 
I. Triste        II. Allegro

- Barsanti, F. – Sonata para traverso e baixo contínuo, Op. 2 N. 4
I. Vivace    II. Grave     III. Allegro

- Philidor, A. D. – Sonata para flauta doce
I. Lentement     II. Fugue     III. Courante     IV. Les notes égales et détachez    V. Fugue    

 

- Telemann, G. P. – Trio para traverso, oboé e baixo contínuo, TWV 42:d4
I. Largo        II. Alegro    III. Affettuoso    IV. Presto

CONCERTO 03 - Árias Barrocas

02/12 - 20h

Paróquia São Mateus

PROGRAMA

- Monteverdi – Ária “Pur ti miro, Pur ti godo”

- Handel, G. F. – Trio sonata para flautas doces, HWV 405

I. Allegro    II. Grave    III. Allegro

- Handel, G. F. – Ária “Süße Stille, sanfte Quelle“ HWV205

- Handel, G. F. – Ária ‘Io t’abraccio’ da ópera Rodelinda

- Quantz, J. J. – Trio sonata para flauta doce e traverso, QV 2:Anh.3
I. Affettuoso   II. Alla breve    III. Larghetto   IV. Vivace

- Handel, G. F. – Ária “Ah, mio cor, schernito sen"

- Vivaldi, A. – Ária Domine Deus, RV589

- Telemann, G.P. – Canon infinito para duas flautas, TWV 40:103

- Handel, G. F. – Ária ‘Lascia ch’io pianga’ da ópera Rinaldo, HWV 7

CONCERTO 04 - Concerto de Natal

16/12- 20h

Catedral Santa Teresinha do menino Jesus

 

PROGRAMA

- Scarlatti, A. – Andante

- Bach, J.S. – Ária “Bist du bei mir”

- Handel. G. F. – Fantasia N°3 em dó maior

- Handel, G. F. – Música aquática – Aria

- Handel. G. F. – Fantasia N°2 em lá menor

- Handel – Ária “Ombra mai fu” da ópera Xerxes HWV 40

- Bernhard, Christoph – Concerto de Natal – “Fürchtet Euch Nicht!”

- Bach, J. S. – “Jesus alegria dos homens” BWV 147

Lives - Bate-papo sobre música barroca

LIVE - Introdução à Música Antiga

Convidado: Robson Bessa

Músicos Convidados

LIVE - Introdução à Dança Barroca

Convidados: Grupo Passos do Barroco

Robson Bessa
Cravo e Órgão

Mestre em música pela UFMG, sua dissertação sobre o Baixo contínuo em Minas Gerais foi considerada pela banca examinadora: “Excepcional e revoluciona a prática de baixo contínuo na música colonial brasileira”. Iniciou os estudos de cravo e baixo contínuo em 1991, com Felipe Silvestre, sendo agraciado com uma bolsa para o festival Encontros com o barroco, na cidade do Porto. Entre 1998 e 2003, foi aluno de Ilton Wjuniski no curso completo de cravo, baixo contínuo e música de camara barroca, realizado na Fundacao Magda Tagliaferro e patrocinado pela Vitae, da qual foi bolsista de 2000 a 2002. Em 2003 foi um dos oito alunos de todo o mundo convidado a participar do Atelier de Musicologie et Clavecin sob orientação do Cravista Ilton Wjuniski, na Académie Musicalle de Villecroze, França.
Entre 2008 e 2010 cursou o mestrado em cravo e baixo contínuo na Université de Montréal, da qual foi bolsista e afinador de cravos.

Maynne Gomes
Canto
Grupo Passos do Barroco

Nascida na cidade de Uberândia MG, iniciou seus estudos de canto no Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli com a profa. Dra. Poliana Alves. Foi premiada no 1º concurso de canto "Ellidê Nardi dos Santos", categoria Canto Erudito. Posteriormente ingressou no curso de música - canto bacharelado, na Universidade federal de Uberlândia, onde estudou com o prof. Dr. Flávio Carvalho. Foi premiada como "Melhor intérprete Villa Lobos" pelo X Concurso Nacional Villa Lobos (ES). Participou dos espetáculos: Juriti de Chiquinha Gonzaga, Requiem de W. A. Mozart, La Traviata de Giuseppe Verdi, Suor Angelica de Giacomo Puccini, Die Zauberflöte de W. A. Mozart (Papaguena) e Dido and Aeneas de Henry Purcell (Belinda). Participou de master classes com as Professoras Adriana Giarola, Brygida Bziukiewicz, Carla Maffioletti, Carlos Rodriguez, Carroll Freeman, Edmar Ferretti, Jo Ella Todd e Kathryn Hartgrove. Concluiu o curso de música em 2016. Atualmente integra o naipe de sopranos do grupo vocal Coral da UFU.

Grupo formado por pesquisadores das danças do Barroco que se dedicam a uma abordagem teórico e prática.
São artistas atuantes na releitura de coreografias a partir de fontes primárias.

https://www.passosdobarroco.com/

Integrantes:


Clara Couto
Bailarina, historiadora e professora. Estudou dança barroca na França, Portugal e Suécia.


Maíra Alves
Bailarina e professora. Estudou dança barroca com Béatrice Massin.


Raquel Aranha
Violinista e 'mestre de dança'. Estudou dança barroca na Holanda  e na França.


Osny Fonseca
Cravista, regente, educador musical e bailarino.  Iniciou dança barroca em 1996, com Christine Bayle.