Sobre Nós

A Camerata Antiga de Uberlândia foi fundada em 2018 com o objetivo de promover concertos e eventos voltados à performance histórica da chamada música antiga, executada em réplicas de instrumentos da época. Possui ênfase na chamada música de câmara, que é a música erudita composta para pequenos grupos de instrumentos ou vozes, tradicionalmente formados para se apresentar em pequenas salas ou espaços de concerto.

O foco do conjunto é a execução de obras vocais e instrumentais do período barroco, e o conjunto reúne músicos com extensa experiência nacional e internacional, oferecendo ao público uma variedade de estilos e formações musicais. O projeto possui a pretensão de ser uma proposta artística inovadora na cidade de Uberlândia e região, com objetivo de divulgar a música antiga e formar públicos interessados na arte erudita.

Ana Carolina de Oliveira
Flauta Doce

Nascida em Uberlândia – MG. Iniciou seus estudos em Flauta Doce no Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Caparelli, no ano de 1999 com a professora Alice Pereira Pacheco. Desde então tem participado em eventos diversos, como recitais, congressos, audições e concursos de música. Foi integrante do Grupo Doce Harmonia. Participou de diversos eventos nacionais e internacionais de música, tendo se apresentado no Brasil, Uruguai, Lisboa. Atualmente e membro fundador da ASSOCIARTE.​

Andressa Leite
Flauta Doce

Possui curso técnico profissionalizante em Flauta Doce pelo Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli de Uberlândia (2007) é integrante da “Camerata Antiga de Uberlândia” desde 2018. Ao longo de sua vida musical, buscou aperfeiçoamento em diversos festivais, cursos de capacitação em música nacionais e internacionais. Além de instrumentista atua profissionalmente na área de produção e gestão de projetos culturais e sociais, na qual possui mais de oito anos de experiência.

Betiza Landim
Flauta Doce

Natural de Uberlândia/MG, Betiza Landim iniciou seus estudos de Flauta Doce no Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli onde concluiu o curso técnico no instrumento. Desde então vem desenvolvendo intensa atividade como instrumentista e educadora.

Concluiu a Licenciatura em Educação Artística – Habilitação em Música – Instrumento Flauta Doce na Universidade Federal de Uberlândia onde também atuou como docente no Departamento de Música e Artes Cênicas. Na Faculdade Católica de Uberlândia concluiu a Especialização em Educação Especial.

Ao longo de sua trajetória participou de vários encontros, concursos e festivais de música com renomados professores além de realizar recitais e publicar material impresso (Catálogo de Obras e Álbuns de Partituras), artigos em revistas de música, e gravações de CD’s, por meio da Lei de Incentivo à Cultura de Uberlândia, e vídeo aula de Flauta Doce em formato DVD pela Editora Edon.

Atualmente é professora efetiva de Flauta Doce no Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli, integrante do Projeto DuoBrasil e da Camerata Antiga de Uberlândia.

Jean Ribeiro
Traverso barroco e Flauta Doce

Possui graduação em Música - Habilitação em Flauta Transversal pela Universidade Federal de Uberlândia (2009) e Curso Técnico em Música pelo Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli (2006). Ao longo de seus estudos artísticos, participou de diversos cursos de capacitação em música. Em 2010 participou da classe de Traverso (Flauta Transversal Barroca) no XXI Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga em Juiz de Fora. Desenvolve desde 2018 o projeto com “Camerata Antiga de Uberlândia”, dedicando-se a pesquisa e interpretação do repertório instrumental dos séculos XVII e XVIII.

Miriã Morais
Canto

Soprano. Especialista em Tecnologias, Mídias e Linguagens em Educação pelo (IFTM), graduada em Canto (UFU). Iniciou seus estudos de Canto no Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli em Uberlândia (MG), onde o concluiu o Curso Técnico em Canto e em Teclado. Durante 15 anos, foi integrante do Coral da UFU atuando como coralista e solista, de diversas espetáculos cênico-musicais. Participa ativamente em apresentações musicais, além de festivais de músicas e master classes. Faz parte do corpo docente do Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli de Uberlândia – MG, ministrando aulas de Teclado e Canto Coral.

Rafael Augusto
Fagote Barroco e Flauta Doce

Flautista e fagotista. Iniciou seus estudos musicais em flauta doce no Conservatório Estadual de Uberlândia, onde obteve diploma técnico profissionalizante em flauta doce. Foi aluno na classe do professor Dominique Vasseur no conservatório regional  de Lille (França), onde estudou também fagote e conquistou diploma de ‘3ème niveau’ com menções e felicitações do júri. Ao longo de percurso musical, buscou aperfeiçoamento em festivais no Brasil e exterior, já tendo se apresentado em vários países. Além de instrumentista, desenvolve carreira como produtor musical.

Rodrigo Gomes
Cravo e órgão positivo

Licenciado em música pela Universidade Federal de Uberlândia. Iniciou seus estudos musicais com os professores Ângelo Marques, Maria Célia Vieira e posteriormente Magaly Otsuka, no Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli. Obteve o 1o Lugar nos Concursos: VI Concurso Jovens Músicos - Música no Museu (Rio de Janeiro - RJ) em 2013; Concurso de Piano Cora Pavan Capparelli em 2006 e 2010, Paulo Giovanini em 2006, Orestes Farinello em 2005 e 2006; Professor Abrão Calil Neto em 2006 e 2010, onde também conquistou o prêmio de melhor música brasileira em ambos os anos. Suas atividades atuais incluem apresentações nos programas "Jovem Músico BDMG e Segunda Musical em Belo Horizonte”, além de participações em cursos e festivais.

Romes Jorge
Oboé Barroco e Flauta Doce

Possui o curso técnico em Flauta Doce e Flauta Transversal pelo Conservatório de Uberlândia, onde atuou como professor entre 2009 e 2011. Se apresenta regularmente em festivais de música no Brasil e no exterior, tendo recebido diversos prêmios e bolsas de intercâmbio cultural para se apresentar em países como Holanda, Bélgica, EUA, Itália, Polônia, Portugal e outros. Atua como flautista e oboísta na Camerata Antiga de Uberlândia, e é membro fundador da Associarte.​

A Associação Livre de Arte, Educação e Cultura – ASSOCIARTE, é uma instituição sem fins lucrativos dedicada à promoção de atividades culturais e artísticas na cidade de Uberlândia/MG.

Iniciou suas atividades em 2018 e busca desenvolver projetos sociais voltados para a educação musical de crianças e jovens, assim como fomentar o meio artístico de Uberlândia.
Dentre seus projetos e apoios, destacam-se o Encontro de Performance em Flauta Doce de Uberlândia - ENFLADU e a Camerata Antiga de Uberlândia.


Para saber mais ou contribuir com ideias e projetos, entre em contato.

Ficha Técnica
Ana Carolina – Assessoria de Comunicação
Andressa Leite - Coordenação Financeira 
Rafael Augusto – Direção Artística
Rodrigo Gomes de Oliveira – Proponente/Coordenador geral
Romes Jorge – Produção executiva